Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Quem foi Dide Brandão?

Quem foi Dide Brandão?

José Bonifácio Brandão, o J. Brandão, conforme autografava seus trabalhos artísticos, ou Dide Brandão, como era conhecido em Itajaí, foi pintor, desenhista, gravurista, entalhador e escultor – e o mais notável artista plástico itajaiense.

Fez curso de pintura na Escola Nacional de Belas-Artes, no Rio de Janeiro, depois vieram as primeiras exposições, e recebeu o batismo de fogo e obteve uma “menção honrosa” no V Salão Municipal de Belas-Artes, no Rio de Janeiro, em 1952.

De volta a sua cidade fez sua primeira exposição individual em 1955, nos salões da Sociedade Guarani. Seguiram-se outras 18 exposições coletivas e 17 amostras individuais em várias cidades brasileiras, sua obra projetou-se nos meios artísticos nacionais com a conquista de inúmeros prêmios.

Em Brasília, inaugurou a Galeria de Arte “Banga”, local de referência obrigatória na capital federal; cidade onde foi também sócio-fundador da Associação de Artistas Plásticos e recebeu o título de “emérito professor”. Em 1974, participou do “Dicionário Brasileiro de Artistas Plásticos”, organizado por Carlos Cavalcanti.

Dide Brandão faleceu em 1º de fevereiro de 1976, num acidente automobilístico na BR-101, município de Penha (SC), em companhia de seu irmão, o escritor Arnaldo Brandão e outras duas irmãs, aos 52 anos.

Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2017- Município de Itajaí