Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí

Público foi embalado pelos clássicos do samba de raiz carioca
Data de inclusão: 10/09/2017 10:42

A batucada dos tantãs do Fundo de Quintal ecoou no Centreventos Luiz Henrique da Silvieria no encerramento do 20º Festival de Música de Itajaí. A noite foi marcada pelo samba no pé e os aplausos ao grupo carioca, nesse sábado (09), em um show gratuito. Com 42 anos de formação, os cinco músicos permanecem entoando e mantando a tradição de que o show tem que continuar.

Os sambistas formados no bloco Cacique de Ramos interpretaram clássicos do grupo e contaram com a ajuda e participação do público. Para Ubirany e Bira Presidente, os integrantes mais antigos, “o Fundo de Quintal é uma resistência e quando se trata de música nos tornamos notórios nos 100 anos do samba”. Durante o show Bira agradeceu o respeito e animação da plateia. “Mais uma vez nos sentimos honrados em estar aqui nessa cidade e podermos colocar nossa sensibilidade musical em prática”.

O Fundo de Quintal faz parte da história da música brasileira com suas composições e na criação dos instrumentos de percussão tantan e repique, além do banjo. Responsável por lançar nomes como Jorge Aragão e Arlindo Cruz, o Fundo de Quintal subiu ao palco com a atual formação composta por Ademir Batera, Bira Presidente, Júnior Itaguay, Sereno, Ubirany e Marcio Alexandre.

Na abertura do show, oito dos principais talentos de Itajaí se reuniram para homenagear os 20 anos do Festival de Música de Itajaí e apresentar ao público o clima da festa. Subiram ao palco Mário Junior, Arnou de Melo, Giovanni Sagaz, Ozeias Rodrigues, Louise Lucena, Bárbara Damásio e Rafael Petry.

Avaliação do 20º Festival de Música

Depois de nove dias em que Itajaí vivenciou a música em diversos pontos da cidade, a avaliação do superintendente da Fundação Cultural de Itajaí, Normélio Pedro Weber, é sobre o resgate do prestígio do Festival de Música de Itajaí. “Nós conseguimos colocar Itajaí de volta como cidade número 1 da MPB brasileira”. Sobre os frutos do evento, Weber acredita no “legado de proporcionar cultura para os itajaienses e de poder capacitar nossos músicos e professores”.

O prefeito em exercício de Itajaí, Marcelo Sodré, esteve presente no encerramento do Festival de Música e destacou a importância da valorização cultural local. "Precisamos continuar investindo na música, na cultura, potencializando nossos inúmeros talentos e colocando Itajaí em evidência no cenário cultural de todo o país", frisou Sodré.
 

Imagens relacionadas

Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Fundo de Quintal encerra o 20º Festival de Música de Itajaí
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2017- Município de Itajaí