20 de maio de 2024

Itajaí recebe Seminário sobre fotografia e acessibilidade para pessoas cegas

Projeto foi contemplado no edital da Lei Paulo Gustavo

Itajaí recebe Seminário sobre fotografia e acessibilidade para pessoas cegas

De 21 a 24 de maio, Itajaí recebe o seminário “Olhar à Fotografia - fotografia e acessibilidade”, que reúne uma série de ações para pensar acessibilidade para pessoas cegas e de baixa visão no campo da fotografia e das artes da imagem em geral. As ações são todas gratuitas, abertas ao público e com participação mediante inscrição no instagram e no site da DES Editora.

Na programação estão ações de formação e fruição diretamente para pessoas cegas e/ou com baixa visão; para pessoas que trabalham com fotografia e o campo da imagem em geral; para professoras e professores que tenham interesse em compreender melhor as estratégias de acessibilidade possíveis e para a comunidade em geral.

A abertura das ações será na manhã desta terça-feira (21), com a “Oficina de Fotografia inclusiva”, ministrada pelo fotógrafo e professor Eduardo Gomes, na Biblioteca Municipal Norberto Cândido Silveira Junior, em Itajaí. Eduardo trabalha com fotografia desde 1994, e nos últimos anos teve experiências com estudantes cegos e/ou com baixa visão, desenvolveu metodologias próprias para o ensino inclusivo da fotografia. A oficina é voltada para o público de pessoas cegas e/ou de baixa visão.

Na noite de terça-feira (21), das 19h às 21h, acontece no Auditório II do bloco F4 da Univali, uma palestra com o fotógrafo João Maia, profissional cego que é fundador do projeto “Fotografia cega”, difundindo o assunto em palestras e workshops em todo o Brasil. É conselheiro da Fundação Dorina Nowill para Cegos e participou de diversas exposições nacionais e internacionais com seu trabalho.

Na quinta-feira (23), das 14h às 17h, o projeto traz para a Itajaí uma Oficina de Audiodescrição, com Wely Kovaltschuk, tema importantíssimo de se discutir e difundir dentro do campo das artes. A ministrante é uma experiente audiodescritora catarinense que tem amplo currículo de audiodescrições para TV, rádio, espetáculos teatrais e musicais, seminários e eventos em geral. A participação é aberta para qualquer pessoa interessada.

A programação encerra na sexta-feira (24), com uma Oficina de Fotografia ministrada pela fotógrafa Sarah Uriarte, tendo como público-alvo adolescentes cegos e/ou de baixa visão. A ação acontece na Biblioteca Municipal Norberto Cândido Silveira Junior. Na oficina, a ministrante apresentará aos alunos elementos básicos da composição fotográfica com o uso de materiais impressos em braile; bem como exercícios práticos com celular e/ou câmeras fotográficas digitais.

A motivação para criar este seminário nasce da experiência docente da proponente: "Em 2022 uma estudante cega se matriculou na minha disciplina de Fotografia, na Educação Básica. Isso marcou o início de uma caminhada que, com ela, durou um ano, de reaprender a fotografia para torná-la possível para um número maior de pessoas. Desde então tenho buscado oportunidades de aprender e testar possibilidades acessíveis na fotografia. Com esse projeto consegui trazer profissionais que trabalham na área em uma programação totalmente gratuita e aberta”, comenta a realizadora Sarah Uriarte.

O projeto “Olhar à fotografia: fotografia e acessibilidade” é patrocinado pelo Ministério da Cultura e Governo Federal por meio da Lei Paulo Gustavo, pelo edital da Fundação Cultural de Itajaí e Prefeitura de Itajaí, tem também apoio da Univali, da Biblioteca Municipal Cândido Silveira Junior e da ADVIR - Associação de Deficientes Visuais de Itajaí e Região.

Programação
Dia 21 de maio (terça-feira) - Das 8h30 às 11h30
Oficina de Fotografia inclusiva, com Eduardo Gomes
Local: Biblioteca Municipal Norberto Cândido Silveira Junior
Público-alvo: pessoas com deficiência visual

Das 19h às 21h
Palestra com João Maia
Local: Auditorio II do Bloco F4 - UNIVALI Itajaí
Contará com a presença de audiodescritora e de intérprete de libras

Dia 23 de maio (quinta-feira) – Das 14h às 17h
Oficina de Audiodescrição, com Wely Kovaltschuk
Local: Biblioteca Municipal Norberto Cândido Silveira Junior
Público-alvo: pessoas que trabalham com o campo da imagem e que queiram entender mais sobre audiodescrição; trabalhadoras da cultura em geral

Dia 24 de maio (sexta-feira) - Das 14h às 17h
Oficina de Fotografia, com Sarah Uriarte
Local: Biblioteca Municipal Norberto Cândido Silveira Junior
Público-alvo: pessoas com deficiência visual, de faixa etária adolescente

Serviço
Seminário “olhar à fotografia - fotografia e acessibilidade”
Quando: de 21 a 25 de maio de 2024
Locais: Biblioteca Municipal Norberto Cândido Silveira Junior e Univali de Itajaí
Mais informações e inscrições: www.deseditora.com.br e instagram.com/deseditora
 

Aguarde